Seu browser não tem suporte a javascript!

Dia 28 de dezembro de 2018, sexta-feira

28/12/2018 às 11h:22

'Cumprimos nossa missão', diz general Braga Netto no encerramento da intervenção federal

“Trilhamos um caminho difícil e incerto, mas cumprimos nossa missão”. Essa foi a avaliação feita pelo general Braga Netto sobre a intervenção federal na segurança pública do Rio — encerrada simbolicamente numa solenidade na manhã desta quinta-feira, mas que dura oficialmente até o próximo dia 31. Dez meses e meio depois de decretada, ela chega ao fim com a redução de crimes como o homicídio doloso e o roubo de cargas. Mas pode ter que devolver ao governo federal cerca de R$ 100 milhões, de R$ 1,2 bilhão destinado pela União para o socorro ao estado.

Fonte: O Globo (27/12)

 

Retrospectiva: Intervenção não restituiu tranquilidade à população

Encerrada nesta quinta-feira, a intervenção federal na Segurança Pública do Rio não conseguiu, infelizmente, restituir tranquilidade à população fluminense. Além do tráfico continuar dominando territórios, os milicianos aumentaram seu poder. Andar despreocupado pelas ruas do estado ainda parece um sonho distante.

Fonte: O Dia (27/12)

 

Mulher de Nem da Rocinha passa a cumprir pena em regime semiaberto

A Vara de Execuções Penais concedeu a Danúbia de Souza Rangel, mulher do traficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, progressão do regime fechado para o semiaberto. A decisão da juíza Larissa Franklin Duarte é do último dia 11. A magistrada, no entanto, não permitiu que Danúbia deixe o presídio para visitar a família. Danúbia foi condenada a 17 anos e quatro meses de prisão por associação para o tráfico e corrupção ativa. No processo, foi acusada de auxiliar seu marido, Nem, a continuar comandando o tráfico da Rocinha após sua prisão.

Fonte: O Globo / O Dia (27/12)

 

PM faz operação na Vila Cruzeiro e moradores relatam tiroteio

O Grupamento de Operações Especiais da Polícia Militar realiza, na manhã desta sexta-feira, operação na comunidade Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha, na Zona Norte do Rio. De acordo com a polícia, a ação visa reprimir o tráfico de drogas. Desde as 5h, moradores relatam pelas redes sociais tiroteio pelas redes sociais.

Fonte: O Globo / O Dia (28/12)

 

PM apreende fuzil e drogas em operação em Pilares

Policiais do 3º BPM (Méier) realizaram operação na comunidade do Urubu, em Pilares, na manhã desta sexta-feira. Na ação, foram apreendidos um fuzil, uma pistola e drogas. A ocorrência está em andamento na Central de Garantias Norte.

Fonte: O Dia (28/12)

 

Perseguição policial em Niterói termina em acidente

Uma perseguição policial em Niterói, município da Região Metropolitana do Rio, terminou com um acidente de carro na noite desta quinta-feira. Segundo a polícia, um veículo, que seria roubado, foi identificado por agentes do 12º BPM (Niterói). PMs iniciaram uma perseguição e houve intensa troca de tiros. Os criminosos perderam a direção do veículo e bateram em um outro automóvel. Apesar do acidente, não houve feridos. Os bandidos conseguiram fugir.

Fonte: O Globo (28/12)

 

Polícia identifica os envolvidos na ‘guerra’ do tráfico em Niterói

A Polícia Civil identificou os traficantes das facções Comando Vermelho (CV) e Terceiro Comando Puro (TCP) que estão disputando o controle do tráfico de drogas do Morro do Estado, no Centro de Niterói. Atualmente, a criminalidade da comunidade está sendo gerenciada pelo TCP. De acordo com as investigações, os ‘chefes’ do tráfico são homens criados na comunidade, identificados apenas como 70, K3, Kekeker e CH. O grupo teria saído de cadeia recentemente e estava abrigado no Morro do Santo Cristo, no Fonseca, buscando ‘reforços’ com os comparsas da facção e organizando o momento exato para retomar o controle do tráfico do Estado, que estava sendo controlado por bandidos também criados na comunidade, mas que eram ligados ao CV.

Fonte: O São Gonçalo (28/12)

 

Disque Denúncia vai parar em período de festas

Durante o período das festas de fim de ano, o Disque Denúncia não funcionará no período compreendido entre o próximo domingo (30) e a próxima terça-feira (1/1/2019). Nos dias em que não haverá expediente, as denúncias de caráter investigativo poderão ser feitas através do aplicativo para celulares “Disque Denúncia RJ” (disponível nas lojas virtuais Google Play e Apple Store), inclusive anexando fotos e vídeos, sempre com a garantia do anonimato. Em caso de emergência, a recomendação é que se ligue para o telefone 190, da Polícia Militar.

Fonte: O São Gonçalo (27/12)

 

Mulher baleada na Engenhoca, no último dia 15, morre em hospital de Niterói

Dez dias depois de ficar internada em estado grave após ter sido baleada na Comunidade Nova Brasília, na Engenhoca, na zona norte de Niterói, a auxiliar de lanchonete Larissa Ferreira da Silva, de 25 anos, faleceu, na noite desta quarta-feira (26), em decorrência dos ferimentos do disparo que atingiu seu abdômen. A jovem, que completaria 26 anos de idade na próxima segunda-feira (31), foi atingida durante confronto entre policiais militares do 12º BPM (Niterói) e traficantes da Comunidade Nova Brasília, após os agentes terem recebido uma denúncia de que haveria um baile funk na região.

Fonte: O São Gonçalo (27/12)